Imagem capa - Casar de Dia ao Ar Livre: 7 Dicas Fundamentais Para Não Errar! por Pedro Salles
Pra Casamentos

Casar de Dia ao Ar Livre: 7 Dicas Fundamentais Para Não Errar!

Se casar durante o dia ao ar livre traz um clima muito aconchegante à sua cerimônia, e na maioria dos casos, traz um ar mais intimista. Esse é o ponto de partida para idealizar como será o seu casamento – desde o vestido e o traje dos convidados até a decoração e o buffet.

Entre inúmeras vantagens de marcar o casamento para começar mais cedo, uma das maiores certamente são as fotos! A luz natural permite que seu fotógrafo registre imagens muito mais românticas, leves e com uma luz mais suave.

Mesmo assim, como tudo tem seu lado positivo e negativo, o casamento diurno conta com algumas considerações e precisa ter alguns cuidados para evitar contratempos. A boa notícia é que podemos resolver esses contratempos facilmente seguindo as dicas abaixo! :)


Obs: Fica até a última dica que separamos um presente especial pra você! :)

 

 

1. DEFINA O SEU ESTILO





A primeira coisa que você deverá ter em mente é o estilo do seu casamento – à começar pela decoração. Pesquise referências (uma ótima opção para isso é o Pinterest!) e defina se será Rústico, Boho Chic, Bucólico, Vintage, etc

A partir disso você terá uma noção mais ampla de todos os detalhes! Local, horário, convite, trajes dos padrinhos, madrinhas, convidados, etc!

 

 

 

2. ESCOLHA DA DATA


Parece um detalhe bobo, mas a estação do ano é fundamental para diminuir consideravelmente as probabilidades de chuva ou de calor excessivo.

A estação que mais indicamos é o Outono logo após Março – de Abril à Junho, pois a probabilidade de chuva já diminui, e já não faz mais tanto calor quanto nos meses de Verão. A primavera também é uma boa opção. Além disso, não são épocas tão concorridas quanto os últimos meses do ano, ou seja, há mais disponibilidade entre os fornecedores!

 

 

 

3. ESCOLHA DO HORÁRIO



Lembre-se que a posição do sol ao nascer e ao se pôr influencia muito na cerimônia. Se a cerimônia acontece no horário de almoço, essa questão já não tem tanta importância – mas lembre-se que é o horário mais quente, com sombras mais duras – por isso, geralmente desaconselhamos os horários próximos às 12h.

O horário que mais indicamos é próximo do pôr do sol. Além de conseguirmos fotos lindas com a luz do entardecer, será o horário ideal para começar uma festa bem animada.

Atente-se só ao horário marcado no convite. Se o pôr do sol está previsto para acontecer às 18h30, e sua cerimônia tem previsão de duração de 30 minutos, marque no convite às 17h30 (Duração da cerimônia + 30 minutos).

Dependendo do estilo do seu casamento, vale até começar um pouco mais cedo. Tente fazer o possível para não haver atrasos!

 

 

 

4. TENHA UM “PLANO B”





Mesmo com a escolha de uma boa época para se casar, lembre que vivemos em um país tropical onde imprevistos podem acontecer (Lei de Murphy sempre ataca nessas horas haha). Para garantir que tudo vá sair como planejado, tenha sempre um plano alternativo em mente!

A dica principal aqui é acompanhar a previsão do tempo nas semanas antes do casamento. Se apresentar qualquer indício de chuva pense na possibilidade de alugar uma tenda, por exemplo. Alguns locais também já possuem um espaço destinado para esse “Plano B”, caso o tempo não colabore. Em último caso, veja se sua cerimonialista ou decoradora possuem guarda-chuvas transparentes só pra casos de emergência.

Casar ao ar livre é arriscado, mas vale a pena – e se programando direitinho vai dar tudo certo e será um dia incrível!

 

 

 

5. ONDE SE CASAR?






Uma vez que você definiu o estilo do seu casamento, as ideias de onde se casar deverão surgir de forma natural. Ótimas opções são em sítios ou fazendas, praia, parques e jardins, pousadas, lagos, etc. Uma grande vantagem é que vários desses se economiza na decoração, devido à já existência da beleza natural.

 

 

 

6. CONFORTO DOS CONVIDADOS





Nada mais justo que agradecer a presença dos seus convidados preparando alguns mimos para garantir o conforto deles. Confira ótimas opções:

Welcome Drinks para se refrescarem – onde podem ser servidos sucos, águas aromatizadas ou refrigerante)

Repelentes – principalmente se o casamento for realizado em campo ou fazenda, onde geralmente existem mosquitos e insetos,

Protetores de Salto – são ótimos para locais onde possuem muita grama

Leques – além de ser uma ótima forma de remediar um possível calor, são ótimas lembranças do casamento

 

 

 

7. ESCOLHA “O” FOTÓGRAFO





Depois do casamento a única coisa que ficará são as fotos. Busque um profissional com boas referências, bom portfólio e bom atendimento. Eu, Pedro, sou extremamente apaixonado por casamentos diurnos! Caso você ainda não tenha definido quem será seu fotógrafo, podemos bater um papo! :)




QUEREMOS TE PRESENTEAR COM UM ENSAIO :)



O que você acha de te presentearmos com uma sessão de PRÉ-CASAMENTO???


Surreal? Bom demais pra ser verdade? Não, é exatamente isso mesmo! Os primeiros casais que entrarem em contato com a gente ganharão uma sessão externa. Pra participar, basta clicar no banner abaixo!




CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR


Já é nossa(o) cliente? Também temos uma surpresa ótima pra você! Entre em contato pra saber :)






Ficaremos ansiosos pra conhecer e fotografar a sua história! 🧡